Páginas

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Mulher moderna x Mulher à moda antiga

Muitas vezes me pego pensando... "o que to fazendo da minha vida?" pois sou graduada, pós-graduada e hoje estou aqui sendo dona de casa, esposa e mãe.
Quando ainda estava grávida e trabalhando me perguntavam o que eu ia fazer da minha vida e quando eu voltaria a trabalhar, eu respondia que era só dar o tempo de licença maternidade e eu retornaria ao trabalho. Como se isso fosse fácil! Eu não tinha a mínima noção do que viria me acontecer, pensava que seria fácil deixar o filhote na escolinha e ir trabalhar. Quando foi chegando o término da licença comecei a ficar aflita, ele mamava exclusivamente no peito e eu não tinha intenção nenhuma de complementar, alem dele ser tão pequenino na época (tinha só 4 meses). Com isso meu marido e eu decidimos que eu não retornaria. Que luxo! Que vida boa! - muitas podem pensar assim - mas não foi nada disso, pensamos em primeiro lugar no bebê, fez falta, muuuuuiiiiiita falta mais um salário! Ainda estamos tentando aos trancos e barrancos fazer com que dê tudo certo. Hoje meu filhote está com 1 ano e meio e ainda estou aqui... às vezes frustra um pouco saber que não estou colaborando finaceiramente mas não há dinheiro no mundo que pague o que eu passei nesse tempo e o que eu sinto de satizfação ao ver meu filho se desenvolvendo, vendo cada passo, cada progresso, cada gesto diferente, enfim tudo! Porem, nem tudo são flores... passei por muito estresse, cansaço, loucura. Difícil entender tudo o que sentimos ao nos tornarmos mãe, no fim desses sentimentos ruins vêm a culpa, sempre nos culpamos. Nos culpamos por fazer, ou não fazer; por ser, ou não ser; por estar, ou não estar. Nada fácil! E quem é q falou que seria fácil? Se fosse fácil, se tomássemos todas as decisões certas acho que nunca aprenderíamos a superar sempre.

Admiro todas as mulheres batalhadoras, que trabalham arduamente e ainda tiram fôlego pra ficar com o filho no fim do dia! Haja pique!! Admiro mesmo, tiro o chapéu, pago pau porque só nós mães sabemos como esses pequeninos dão trabalho, nem mesmo os pais sabem disso como nós sabemos.

E também as mulheres que como eu ficam em casa, fazendo trabalho doméstico e cuidando de todos os afazeres, só nós sabemos como tem trabalho! Um trabalho que não são 8hrs por dia e sim 12hrs ou mais até. É... não é moleza essa vida não! Mas a vida é boa de todas as maneiras, tendo esses anjinhos com a gente é difícil ficarmos tristes ou insatisfeitos. Não é mesmo?

Grande beijo

Um comentário:

Ana Campos disse...

Ari, gostei do blog!!
Esse tema que vc escolheu pra começar suas postagens é um dos mais discutimos nesse universo "bloguistico"...rs...cada mãe tem suas dificuldades e sofrimentos...algumas sofrem por deixar o trabalho para ficar em casa, outras por deixarem os filhos para trabalhar...é minha amiga, nossa função mais gostosa e que exige mais é ser mãe!! Por isso, vamos fazendo o nosso melhor, seja em casa (que tambem não é nada fácil, diria até que é mais difícil, tão cansativo quanto trabalhar fora), seja trabalhando fora...de qualquer forma somos todas Mãe Pra Valer...só muda o endereço!!!
Tô por aqui...

bjoka

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...