Páginas

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

A amamentação

No início deste mês foi a Semana Mundial de Aleitamento Materno. Acompanhei algumas coisas que aconteceram, vi alguns vídeos de depoimentos, gostei muito!

A amamentação do Arthur foi bem tranquila, o pior foi o cansaço. Fora o cansaço, quando ele completou 1 mês peguei uma virose e fiquei 1 semana sem conseguir me alimentar. E sabemos que a boa alimentação é essencial para a produção de leite. Desesperei! Até pensei em complementar mas com insistência, muito líquido e voltando a comer normalmente meu leite voltou e o bebê voltou a ficar calminho e feliz da vida! Aí foi bem, ganhou peso superbem, ele nasceu grandão e assim continuou, e eu toda orgulhosa de saber que era só o meu leite que estava fazendo tudo aquilo. Quando ele completou 4 meses meu leite voltou a diminuir, por conta de estresse dessa vez. Estava terminando minha pós e era quando eu voltaria a trabalhar, com essa pressão de não saber o que faria meu leite sumiu. A pediatra do Arthur me receitou um medicamento e tomei, meu leite voltou. E assim foi a partir daí, eu tomando medicamento e ele mamando bem até 1 ano.

Antes dele completar 1 ano, tentei passar para mamadeira mas o danadinho não tomava nem água direito, só queria saber do meu leite mesmo. Aí foram algumas tentativas desesperadas para eu poder dormir melhor que não deram certo. Acho que nessa hora me faltaram conversas com mães que passavam pelo mesmo, eu chegava a chorar no meio da noite de tanto cansaço, ele acordava a cada 2 horas, mesmo depois de grande, de comer comida e frutas, e durante o dia tinha meus afazeres em casa, não conseguia descansar todas as vezes que o bebê dormia. E ele não aceitava nada, acho que não era a hora dele.

Sei que quando fez 1 ano e voltei a tentar ele aceitou numa boa e aí a pior parte foi as dores nos seios, porque ele ficou muito bem mesmo! Até me senti mal depois, pois parecia que ele não precisava mais de mim. As transições são mais difíceis para as mães do que para os filhos eu acredito, eles são muito mais fortes do que imaginamos.

E durante essa SMAM li bastante também sobre o assunto, além de lembrar cada detalhe do que passei aqui. Aí navegando pelos blogs li um título que me chamou mais atenção onde dizia que Amamentar não é um ato de amor. Achei que fez todo o sentido o que a pessoa escreveu, lembrei da minha amiga Ana e pelo que ela passou, que na verdade só ela sabe o que ela passou. A vontade de amamentar, as pessoas dizendo o que deveria ou não fazer. É muito complicado e delicado este assunto, até mesmo pelo momento de mudanças que passamos.

Só espero que o próximo filho(a) eu consiga amamentar novamente, e mais tempo ainda que amamentei o Arthur. Da próxima vez acredito que estarei mais informada e preparada ainda que da primeira.

E agora só ficam as saudades daquele bebezão no meu colo sugando seu precioso leitinho...



beijos

4 comentários:

Carla Arruda disse...

Ariane, que legal, vou acompanhar vc aqui! Delícia repensar, lembrar de momentos importantes na nossa vida e de nossos filhos, né? :-) Feliz em ter vc no nosso grupo de mulheres e espero em breve ve-la amamentando novamente! Bjos

Ana Campos disse...

Muito legal Ari...saudade de vcs


- Futura mãmã !
disse...

Esta fase penso que seja mais especial entre mais e filho, nao tirando importancia a todas as outras..mas quando vejo eles mordendo nosso mamilo, nao gosto da ideia nao ksksksksksksksk

me segueeeeeeeeeeeee :D
Tou-te seguindooo

Renata disse...

Oi Ariane estava lendo alguns posts seu e acabei chegando nesse!
As coisas por aqui andam conforme vc descreveu, Lavinia está com 10 meses quase 11 e mesmo comendo bem ainda acorda bastante durante a noite para mamar.

Queria sabe como foi com o Arthur nessa fase que ele pegou a mamadeira? ele pegou numa boaaa, foi so depois de 1 ano que aconteceu? :)

nessas horas eé sempre ouvir uma historia parecida com a sua née, estou tão cansada de acordar tanto a noite... a gente fica meio que desesperada, achando que esta fazendo tudo errado.

beijãooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...