Páginas

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

A mesma história...

Novamente aquela história... Arthur ja fez 2 anos e você? Vai voltar a trabalhar, vai colocá-lo na escolinha? Ah, mas ele precisa, ja passou da hora. E ainda a última que ouvi: Desgruda mãe, você ta fazendo mal pro seu filho ficar tanto com você assim.

Eu só posso dizer: Estamos muito bem, obrigada! Agradeço a preocupação mas vamos continuar caminhando bem como sempre estivemos. O que meu filho mais precisa, ele sempre teve de sobra: Amor de mãe. Já caí nessa uma vez minhas amigas e não vou cair de novo (a não ser que me apareça um super ultra mega emprego dos sonhos difícil de recusar, o que duvideodó).

Não vejo necessidade em alfabetizar uma criança (ou um bebê?) de 2 anos. Pra brincar, ele brinca em casa, brinca na rua, em parque, pracinha... Eu vou pagar caro pra ele brincar na escola só pra dizer que ele frequenta uma?? Não, não, muito obrigada mesmo! Quanto a mim, não tenho necessidade de ficar longe dele hoje, na verdade pra mim seria uma tortura ficar longe dele agora. Estou bem e bem conformada com a minha vida de dona de casa (ou dona DA casa como li esses dias e adorei o termo!). Faz falta sim meu orçamento, sempre fez mas estamos batalhando juntos pensando sempre no melhor pro nosso filhão. Maridão é super compreensivo e batalhador, um super pai e marido!

Arthur está se saindo um mocinho. Terrible two?? Sei não... ta bom, existe um longo ano até os 3 mas ele está um amorzinho de criança. Obediente, cada dia mais organizado, ele é até compreensivo demais pra idade. Esses dias mesmo eu esqueci o copo dele de mamar e ele claro que acordou e pediu. Disse a ele que aquela hora não ia ter e que depois eu faria, ele simplesmente me respondeu: Tá! e nem pediu mais! Fiquei boba! E se Deus quiser essa história do copo de treinamento vai ser mais uma etapa bem sucedida. Vamos tomar tudo no copo normal, como já fazemos com água e suco. Devagar e sempre (e sem stress) chegamos lá!

Então... podem vir e me falar que escolinha é bom, e blá blá blá. Mas o que é melhor? O filho passar o dia na escola e quando chegar em casa todo carente dos pais estes tão estressados e cansados a ponto de brigar com o filho e mandá-lo assistir tv ou brincar. Eu sei disso porque ouço muito e sei que eu iria acabar fazendo o mesmo. E ainda tem mais uma: eu sei o que meu filho come, eu sei o que ele aprende, eu sei o que ele faz, eu vejo o comportamento dele, eu estou acompanhando de perto o desenvolvimento dele e conheço muito bem o meu filho.

É chato essa vida? Às vezes. É cansativo? Muito! Mas a compensação vem pra gente esquecer tudo de ruim que acontece! É bom demais e quem sabe não vamos nos animar logo para vir mais um pra nos alegrar ainda mais?


 

*Não estou dizendo que bebês não devem ir par escola, essa foi a minha escolha e tento fazer o melhor pra isso. Sei que muitas mães precisam fazer. Só estou de saco cheio novamente de virem me falar que meu filho de 2 anos tem necessidade de estudar.

10 comentários:

Futura mãmã disse...

Voce se sente bem assim e acha que e o melhor entao e assim e pronto ngm tem que dizer nd querida...Bj

Renata disse...

Ari é isso ai! Ngm melhor do que nós para saber o que é melhor para eles =)
um beijãooo

Sabrina Bulgarelli disse...

Eu tambem quero ficar em casa pra criar minha Sofia do meu jeito!
Tah certa amiga!
Beijos..

Mariane disse...

Gostaria mto tbm Ari, mas não estamos podendo não... aqui a jornada tem que ser do papai e da mamãe prá dar conta das contas rsrsss. Mas fazer o que... Se vc pode ficar em casa cm ele é e melhor coisa pros 2 mesmo. A Belinha tá indo na escolinha desde o começo do ano e tem se adaptado super bem... tem se socializado bem e não está mais tão carente de outras crianças... isso era o que mais me preocupava. Tá super esperta tbm... aliás, sempre foi né!!! Rsrsss. Mas curte mtooo essa fase pois qdo ele começar a estudar vc vai sentir mais que ele pode ter certeza disso. Bjão

Karen disse...

Ariane
Q lindo seu blog!
Parabéns pelas sua atitude de ficar com o Arthur, não de bola para a torcida adversária.

Kariny disse...

Haha, hoje mesmo postei que fiz a matrícula da Kamila na creche! Mas sabe, sou super a favor da sua opinião, mesmo porquê até agora a Kamila ficou comigo em casa (2 anos e 5 meses) e ouvi um monte de coisa já, e sei como é chato! Acho que cada mãe sabe o que é melhor pra si e pro seu filho, acho desnecessário colocar criança na creche se for pra ficar em casa sem fazer nada, e mesmo sem ir a escola a Kamila é super espertinha! Agora resolvi matricular meio período para ela conviver com outras crianças e também porquê tenho alguns projetos profissionais, mas por mim, ela ficaria mais um bom tempo comigo em casa rsrs, beijos

Karine Paim Maia disse...

Muito bom seu post. Aproveite ao máximo o convívio com o seu filho. Nunca vai ser demais e vc jamais vai fazer mal por estar perto dele, pelo contrário, ele terá muita confiança e auto-estima. Tb fico em casa e minha filha não vai a escola ainda. A hora vai chegar, por enquanto estamos bem. Bjinhos pra vc!

Ana Claudia disse...

Bem, como já comentei com vc lá face...pitaco tem de monte mesmo...todo mundo acha que sabe o que é melhor pra gente...rsrs

Bjs

Ivna Pinna disse...

Ouvi muito isso tbm, qndo não matriculei o Enry com 2 anos. Ele não precisava mesmo... nem eu!
E acho que por mim, só o colocaria com 4 ou 5 anos, mas vi que ele estava precisando de algo novo. De amigos, de brincadeiras novas, de 'tarefas' novas. Então desencanei!
Só a gente e eles sabem quando chega a hora de ir pra escola.

Beijão

Carla Arruda disse...

Vc jpa viu algupem se sentir a vontade em falar quando alguém estpa fazendo algi de errado? Não, né? Pitacam é pq queriam estar no seu lugar, huahuahua.
BJO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...